Varredura em presídio no Rio de Janeiro

A operação Forças Armadas foi com a utilização de cães farejadores e especialistas em detecção de metais. Caberá aos agentes penitenciários a realização de vasculhamento e varredura tátil.

Rio de Janeiro – As Forças Armadas participam na manhã do dia 21 de fevereiro de uma operação de varredura na Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense. A operação segue o decreto de Garantia da Lei da Ordem (GLO), assinado em julho de 2017 pelo presidente Michel Temer, para a realização de operações integradas entre as forças de segurança estaduais e federais no Rio de Janeiro.

Detentos do presídio iniciaram uma rebelião no fim da tarde de domingo (18) e 18 pessoas chegaram a ser feitas reféns, sendo oito agentes e 10 presos. A situação foi controlada no dia 19 e foram apreendidos um revólver, duas pistolas e uma granada de efeito moral.

Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, o apoio das Forças Armadas é logístico, com a utilização de cães farejadores e especialistas em detecção de metais. Caberá aos agentes penitenciários a realização de vasculhamento e varredura tátil.

A nota divulgada pela secretaria informa ainda que os militares em nenhum momento estabelecerão contato com os detentos. Os pavilhões serão evacuados previamente pelos agentes penitenciários para que possa ser realizada a inspeção dos militares.

Cabe assinalar que a informação foi facilitada no dia 21 de fevereiro pela Agência Brasil (EBC).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: