Acordo para o combate a fraudes bancárias no Brasil

Polícia Federal e Febraban renovam convênio de cooperação técnica

Foto Polícia Federal do Brasil - - - -
Foto Polícia Federal do Brasil. Publicidade na imagem

Brasília/DF – A Polícia Federal, a Federação Brasileira de Bancos – Febraban e mais 14 bancos renovaram na segunda-feira (26/2) um acordo de cooperação técnica, em São Paulo. O acordo, assinado inicialmente em 2009, objetiva fortalecer o combate a fraudes bancárias. O Diretor-Geral da PF, Fernando Segovia,  e o presidente da Febraban, Murilo Portugal, participaram da solenidade de assinatura.

Segundo a Agência de Noticias da Polícia Federal, os termos firmados pelas instituições envolvidas impactarão diretamente na repressão e na prevenção de crimes que envolvem instituições financeiras. O acordo de cooperação regulamenta procedimentos dos bancos para comunicar suspeitas ou confirmação de práticas de ilícitos penais. Ele também visa promover o compartilhamento de informações a respeito de movimentações de recursos financeiros relacionados a crimes contra instituições financeiras.

A novidade é a adesão de alguns bancos, como signatários, ao acordo. A comunicação entre as instituições possibilitará o compartilhamento de informações e tecnologias recentes entre a PF e essas entidades, além de cooperação técnica.  Com isso, espera-se que o combate a fraudes eletrônicas –  roubo de cartões de débito e crédito, internet bankingcall center e boletos – cometidas por organizações criminosas ganhe  mais efetividade.

O benefício da renovação do acordo para a PF será sentido diretamente nas investigações policiais. Elas terão mais recursos para identificar organizações criminosas, as maneiras de atuação desses grupos e o desenvolvimento de estratégias de prevenção e repressão a crimes dessa natureza. Também será possível o incremento de estudos técnicos e a produção de documentos de segurança, que serão utilizados nas atividades de inteligência.

De acordo com o Diretor-Geral da PF, as atividades serão iniciadas a partir de 13 de março, na Unidade de Repressão a Crimes Cibernéticos, em Brasília.

 Bancos Signatários

As seguintes instituições financeiras foram signatárias na renovação do acordo de cooperação, juntamente com a Febraban: Banco Agiplan, Banco do Brasil, Banco de Brasília, Banco da Amazônia, Banrisul, Banese, Banco Neon, Bradesco, Banco Inter, Banestes, Itaú Unibanco, Original, Santander e Sicredi.

É procedente dizer que a informação foi fornecida pela Agência de Noticias de la Polícia Federal (PF).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: