Justiça do Brasil solta condenado por corrupção na operação Lava Jato

  • Supremos Tribunal Federal concede liberdade a José Dirceu, condenação a 30 anos e 9 meses, por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa
  • Os advogados do petista alegaram ao STF que Dirceu tinha sido preso sem que sua condenação tenha transitado em julgado, ou seja, concluída a análise de todos os recursos.

BRASÍLIA  – A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira soltar o ex-ministro petista José Dirceu, que cumpria pena por condenação a 30 anos e 9 meses de prisão por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa na operação Lava Jato.

Por 3 votos a 1, o colegiado permitiu a Dirceu esperar em liberdade o esgotamento de recursos em tribunais superiores, mesmo tendo sido condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Os advogados do petista alegaram ao STF que Dirceu tinha sido preso sem que sua condenação tenha transitado em julgado, ou seja, concluída a análise de todos os recursos.

O ministro Edson Fachin votou pela manutenção da prisão de Dirceu, que está detido desde o mês passado. Contudo, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski votaram para conceder a liberdade ao ex-ministro.

Por Ricardo Brito, Reuters. Edição para OIPOL, Luján Frank Maraschio.

A INTERNATIONAL1 (1)
Carreiras na OIPOL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: