Brasil integra convenção da Organização para Proibição de Armas Químicas

A Foto A - OPAC
Delegação brasileira foi chefiada pela Embaixadora do Brasil nos Países Baixos.

Rio de Janeiro – A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) integrou sessão extraordinária da Convenção dos Estados-Parte da Organização para Proibição de Armas Químicas (OPAQ), realizada em Haia, na Holanda.

O evento reuniu delegações de 152 países. As nações deliberaram sobre a adoção de medidas em resposta aos recentes ataques com armas químicas na Síria, Malásia e Reino Unido.

A ABIN acompanha a temática das ameaças químicas, biológicas, radiológicas e nucleares (QBRN) em suas diversas dimensões, como a da não-proliferação das armas de destruição em massa.

A delegação brasileira foi chefiada pela embaixadora do Brasil na Holanda, Regina Maria Cordeiro Dunlop. Durante o evento, a embaixadora enalteceu o interesse da ABIN no tema e o apoio que a instituição presta às delegações brasileiras nos fóruns da OPAQ.

É procedente dizer que a informação e foto foram facilitadas pela Agência Brasileira de Inteligência (ABIN). Edição para OIPOL, Luján Frank Maraschio.

02df4b9b-fe0d-44e7-936b-88f9854248c6 (1)
Crav Maga na Espanha, treino de elite. Área Acadêmica OIPOL (idioma espanhol)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: