Operações de Interpol Brasil prende quatro foragidos internacionais

A Foto Polícia Federal do Brasil - ---
Foto Polícia Federal do Brasil

Rio de Janeiro – Na segunda-feira (28/01), equipe da Interpol localizou e efetuou em São Paulo/SP a prisão para extradição, decretada pelo STF, de fugitivo procurado pela Bélgica por envolvimento, entre 2008 e 2012, em casos de fraude, abuso de confiança e desobediência. O preso deve ser mantido em custódia na Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo até que o STF julgue o processo de sua extradição para a Bélgica.

Na quinta-feira (31/01), policiais federais que atuam na Bolívia, com o auxílio da Interpol e da Força Especial de Luta contra o Narcotráfico da Bolívia, coordenaram a localização, prisão e posterior expulsão para o Brasil de fugitivo brasileiro procurado pela Justiça Federal de Cuiabá/MT. O preso era procurado por tráfico internacional de grandes quantidades de droga (cocaína), em 2018, da Bolívia para o Brasil. Ele foi entregue às autoridades brasileiras em Corumbá/MS e deverá permanecer detido em estabelecimento prisional no Brasil à disposição da Justiça.

Na sexta-feira (01/02), equipe da Interpol localizou e efetuou em São Paulo/SP a prisão para extradição, decretada pelo STF, de fugitivo procurado pela Coréia do Sul, por envolvimento, entre 2006 e 2008, em casos de manipulação fraudulenta de mercado de ações e estelionato. O homem será mantido em custódia na Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo até que o STF julgue o processo de sua extradição para a Coréia do Sul.

Ainda na sexta-feira (01/02), por meio da Interpol, com o apoio da ICE (Agência de Imigração Norte-Americana) e das autoridades da Colômbia, foi preso em Cali, Colômbia, fugitivo brasileiro procurado pela Justiça Federal do Rio de Janeiro/RJ. O preso era procurado pelos de crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e contrabando de bens no valor aproximado R$ 1 milhão de reais, praticados em 2011. O preso será mantido em custódia na Colômbia até que seja julgado o processo de sua extradição para o Brasil.

Cabe assinalar que a informação foi facilitada pela Polícia Federal do Brasil. Edição em idioma português para OIPOL, Luján Frank Maraschio.

DRACONX 1 FOTO
Área Acadêmica OIPOL

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: