Forças do “presidente” ilegítimo da Venezuela em alerta na fronteira

El presidente de Venezuela, Nicolás Maduro, habla durante una ceremonia con milicianos en el Palacio de Miraflores, en Caracas
Nicolás Maduro, habla durante una ceremonia con milicianos en el Palacio de Miraflores, en Caracas. 17 de abril de 2017. REUTERS/Marco Bello. 

Rio de Janeiro – O exército do régimen ilegítimo da Venezuela está “alerta” contra quaisquer violações de fronteira, segundo o “ministro” venezuelano da Defesa, Vladimir Padrino Lopez.

De acordo com o auto chamado “presidente” venezuelano, Nicolás Maduro, há uma tentativa de ingerência no país, liderada pelos Estados Unidos.

Ministros do governo ilegal têm declarado publicamente resistência ao suposto movimento externo de interferência.

“As Forças Armadas, baixo as ordens de Maduro, permanecerão desdobradas e em alerta ao longo das fronteiras, como ordenou nosso comandante-em-chefe [Nicolás Maduro], para evitar qualquer violação da integridade territorial”, disse Padrino, em um comunicado.

O “ministro” afirmou que o exército não aceitará “um governo fantoche” ou “ordens de qualquer poder do governo estrangeiro” em referência ao autoproclamado presidente interino, Juan Guaidó.

Guaidó se autoproclamou presidente interino no último dia 23, obtendo apoio de muitos países, como o Brasil, e liderando um movimento para angariar ajuda humanitária para Venezuela.

O 19 de fevereiro, em Brasília, o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, anunciou a instalação de centrais de distribuição de doações em Boa Vista e Pacaraima.

O governo brasileiro pretende enviar alimentos e medicamentos para a população venezuelana.

Delegações de parlamentares da Europa e dos Estados Unidos reclamaram da imposição de obstáculos para ajuda humanitária.

É procedente dizer que a informação foi facilitada pela Agência Brasil (EBC), com informações da DW, agência pública de notícias da Alemanha. Edição em idioma português para OIPOL, Luján Frank Maraschio.

LOGO2 ESP-1 - 0
Forme parte de OIPOL, líder internacional, institución profissional, inscrita dentro del banco de entidades consultivas de la ONU.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: