Operação policial contra milícia no Rio de Janeiro

A Foto A Polícia Civil do Rio de JaneiroRio de Janeiro – O Ministério Público e a Polícia Civil cumprem no dia 4 de julho mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra 77 acusados de integrar uma milícia que atua em Itaboraí, na região metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Civil, o grupo é suspeito de ter promovido uma chacina que deixou dez mortos em janeiro no município.

A milícia é também suspeita de ser responsável por vários homicídios, torturas, extorsões, desaparecimento de pessoas, roubos, exploração de TV a cabo clandestina e manutenção de cemitérios clandestinos.

Entre os acusados de integrar o grupo, que funciona como uma espécie da milícia que atua em Curicica, na zona oeste do Rio, e que seria liderada por Orlando Curicica, estão policiais militares e advogados.

De acordo com o Ministério Público, o grupo começou a se estabelecer na região entre o fim de 2017 e início de 2018, quando passou a controlar comunidades como Visconde de Itaboraí, Areal e Porto das Caixas, que antes eram dominadas pela facção criminosa Comando Vermelho.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Agência Brasil (EBC). Edição, Área Jornalística OIPOL.

A Logo PT - 0
Venha formar parte da OIPOL, muitos benefícios para associados…

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: