Operação policial prende cinco brasileiros que transportavam drogas para a África

  • Abordagem foi feita pela Polícia Judiciária de Cabo Verde que, após intensa troca de informações com a PF e com o MAOC, localizou o barco suspeito na costa do país

A Foto Políacia Federal do Brasil - -Brasília/DF – A Polícia Federal, atuando em conjunto com a Polícia Judiciária de Cabo Verde e com o MAOC – Maritime Analysis and Operations Centre, colaborou com a abordagem de barco suspeito e prisão de cinco tripulantes brasileiros na costa cabo-verdiana por tráfico internacional de drogas, no último domingo (04/08).

Suspeita-se que os detidos estariam realizando transporte de drogas, que seriam transferidas para outro barco, já na costa africana.

Durante as investigações, que contaram com a constante troca de informações sobre o tráfico internacional de drogas, sobretudo por via marítima, identificou-se que o barco, de bandeira brasileira, estaria carregado com droga e que a remessa, após passar pela África, seguiria para a Europa.

Na abordagem, que ocorreu no porto de Praia, capital de Cabo Verde, 2.256 quilos de cocaína foram encontrados no interior da embarcação.

As investigações prosseguem no Brasil, com o intuito de determinar qual a efetiva participação dos brasileiros detidos, e se há outros envolvidos na organização criminosa atuando no Brasil ou em países vizinhos.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pela Comunicação Social da Polícia Federal do Brasil (PF).

DRACONX 1 FOTO
Carreira de Inteligência em nossa academia nos EUA, veja aqui..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: