Forças Armadas da Guatemala estão expandindo o papel das mulheres

  • SOCSOUTH e Pelotão de Engajamento Feminino da Guatemala realizam intercâmbio de informações
  • Primeiro-Sargento Alex Ramos / Comando de Operações Especiais, Sul dos EUA
A Foto A-
O Pelotão de Engajamento Feminino da Guatemala se encaminha ao Centro de Operações de Paz das Forças Armadas de El Salvador, com a Primeiro-Sargento do Exército dos EUA Elizabeth Almonte, graduada de Assuntos Civis, após um seminário de intercâmbio de informações realizado em Cobán, Guatemala, no dia 24 de setembro de 2019. (Foto: Primeiro-Sargento Alex Ramos, Comando de Operações Especiais, Sul dos EUA)

O papel das mulheres vem crescendo constantemente nas Forças Armadas dos EUA, pois está se tornando cada vez mais comum que alcancem posições com mais autoridade e tenham milhares de soldados sob seu comando e controle.

As Forças Armadas da Guatemala estão progredindo ao expandirem o papel das mulheres nas operações de manutenção da paz das Nações Unidas com a recente criação de um Pelotão de Engajamento Feminino.

O Comando de Operações Especiais, Sul dos EUA (SOCSOUTH) participou de um seminário de intercâmbio de informações com foco na integração e na igualdade das mulheres, em Cobán, Guatemala, no Centro Regional de Treinamento de Operadores de Manutenção da Paz (CREOMPAZ, em espanhol), no dia 24 de setembro de 2019. O intercâmbio de informações com 19 participantes mulheres militares guatemaltecas foi comandado pela Primeiro-Sargento do Exército dos EUA Elizabeth Almonte, graduada de Assuntos Civis do SOCSOUTH.

“Estão neste momento na fase em que suas forças armadas começam a incorporar as mulheres em diferentes funções, além das de apoio, e perceber os benefícios e vantagens de agregá-las nos postos de liderança, de planejamento, em diversas especialidades ocupacionais militares”, disse. “É importante compreender que isso as ajudará a crescer até atingirem um estágio em que haverá uma total integração das mulheres em suas forças armadas.”

Durante todo o dia foram discutidos tópicos como a evolução do papel feminino no Exército dos EUA, as lições aprendidas nas operações de assuntos civis e o desenvolvimento profissional dos graduados. Ajudar a criar a capacidade das nações parceiras com o objetivo de aumentar a segurança e a estabilidade da região está sempre entre as maiores prioridades do SOCSOUTH.

“Eu consegui entender de onde vêm esses soldados, essas mulheres soldados”, disse a 1º Sgt Almonte. Senti que podia identificar com êxito alguns dos desafios que estão enfrentando atualmente em seu recém-assumido papel de soldados de Assuntos Civis e especialistas em Apoio Cultural.”

O projeto foi criado para auxiliar o Programa de Apoio de Informação Militar do SOCSOUTH, que visa fortalecer a imagem da Ação Abrangente Guatemalteca para a participação feminina e sua profissionalização institucional, além de possibilitar que os parceiros dos EUA aumentem suas proficiências em segurança.

O pelotão totalmente feminino criado na Guatemala será destacado na região de Izabal, para ajudar nas operações humanitárias e de manutenção da paz.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pelo Primeiro-Sargento Alex Ramos / Comando de Operações Especiais, Sul dos EUA. Edição, Área Jornalística OIPOL.

atvv Publicar
Assistência de saúde internacional, solicite seu orçamento aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: