Forças Armadas da Guatemala estão expandindo o papel das mulheres

  • SOCSOUTH e Pelotão de Engajamento Feminino da Guatemala realizam intercâmbio de informações
  • Primeiro-Sargento Alex Ramos / Comando de Operações Especiais, Sul dos EUA
A Foto A-
O Pelotão de Engajamento Feminino da Guatemala se encaminha ao Centro de Operações de Paz das Forças Armadas de El Salvador, com a Primeiro-Sargento do Exército dos EUA Elizabeth Almonte, graduada de Assuntos Civis, após um seminário de intercâmbio de informações realizado em Cobán, Guatemala, no dia 24 de setembro de 2019. (Foto: Primeiro-Sargento Alex Ramos, Comando de Operações Especiais, Sul dos EUA)

O papel das mulheres vem crescendo constantemente nas Forças Armadas dos EUA, pois está se tornando cada vez mais comum que alcancem posições com mais autoridade e tenham milhares de soldados sob seu comando e controle.

As Forças Armadas da Guatemala estão progredindo ao expandirem o papel das mulheres nas operações de manutenção da paz das Nações Unidas com a recente criação de um Pelotão de Engajamento Feminino.

O Comando de Operações Especiais, Sul dos EUA (SOCSOUTH) participou de um seminário de intercâmbio de informações com foco na integração e na igualdade das mulheres, em Cobán, Guatemala, no Centro Regional de Treinamento de Operadores de Manutenção da Paz (CREOMPAZ, em espanhol), no dia 24 de setembro de 2019. O intercâmbio de informações com 19 participantes mulheres militares guatemaltecas foi comandado pela Primeiro-Sargento do Exército dos EUA Elizabeth Almonte, graduada de Assuntos Civis do SOCSOUTH.

“Estão neste momento na fase em que suas forças armadas começam a incorporar as mulheres em diferentes funções, além das de apoio, e perceber os benefícios e vantagens de agregá-las nos postos de liderança, de planejamento, em diversas especialidades ocupacionais militares”, disse. “É importante compreender que isso as ajudará a crescer até atingirem um estágio em que haverá uma total integração das mulheres em suas forças armadas.”

Durante todo o dia foram discutidos tópicos como a evolução do papel feminino no Exército dos EUA, as lições aprendidas nas operações de assuntos civis e o desenvolvimento profissional dos graduados. Ajudar a criar a capacidade das nações parceiras com o objetivo de aumentar a segurança e a estabilidade da região está sempre entre as maiores prioridades do SOCSOUTH.

“Eu consegui entender de onde vêm esses soldados, essas mulheres soldados”, disse a 1º Sgt Almonte. Senti que podia identificar com êxito alguns dos desafios que estão enfrentando atualmente em seu recém-assumido papel de soldados de Assuntos Civis e especialistas em Apoio Cultural.”

O projeto foi criado para auxiliar o Programa de Apoio de Informação Militar do SOCSOUTH, que visa fortalecer a imagem da Ação Abrangente Guatemalteca para a participação feminina e sua profissionalização institucional, além de possibilitar que os parceiros dos EUA aumentem suas proficiências em segurança.

O pelotão totalmente feminino criado na Guatemala será destacado na região de Izabal, para ajudar nas operações humanitárias e de manutenção da paz.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada pelo Primeiro-Sargento Alex Ramos / Comando de Operações Especiais, Sul dos EUA. Edição, Área Jornalística OIPOL.

atvv Publicar
Assistência de saúde internacional, solicite seu orçamento aqui.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: