Marinha da Colômbia treinam comandos da Marinha da República Dominicana

A Foto A-
Comandos da Marinha da República Dominicana treinam na água durante um exercício de combate, como parte do treinamento de operações especiais na Base Naval Las Calderas, na República Dominicana. (Foto: Organização de Cooperação de Segurança dos EUA em Santo Domingo, República Dominicana)

As Forças Especiais da Marinha da Colômbia (COFEN, em espanhol) proporcionaram treinamento de operações especiais aos seus homólogos dominicanos na Base Naval Las Calderas, na costa sudoeste da República Dominicana, entre os dias 12 e 30 de agosto de 2019.

O treinamento foi parte do Plano de Ação EUA-Colômbia (USCAP, em inglês) – um acordo regional de cooperação para a segurança entre ambos os países –, com o objetivo de aprimorar as capacidades das forças especiais da Marinha da República Dominicana para combater as ameaças. O Comando Especial de Guerra Naval dos EUA tinha treinado os comandos da Marinha da República Dominicana antes da participação da COFEN.

A COFEN ensinou às unidades de Comando da Marinha da República Dominicana os processos, técnicas e procedimentos de operações especiais no combate ao narcotráfico. Os instrutores também abordaram os movimentos para as técnicas de contato, exercícios de fogo real, treinamentos de combate, técnicas de reconhecimento, primeiros socorros, comunicações, planejamento e organização de equipes. As equipes também realizaram operações de assalto anfíbio na praia, utilizando veículos navais tais como os interceptores Boston Whaler e os botes infláveis Zodiac.

“Esse treinamento foi excepcional”, disse o Capitão de Corveta Francisco del Rosario Sánchez, comandante dos Comandos da Marinha da República Dominicana. “Acredito que esse tenha sido mais importante do que os demais treinamentos do USCAP até o momento.”

O treinamento da COFEN servirá como um ponto de partida para futuros treinamentos de operações especiais da República Dominicana e de outras nações parceiras. Quanto à equipe do USCAP, esse treinamento de operações especiais representa um estímulo para as opções de criação de capacidades na região. Em relação ao futuro, os próximos treinamentos patrocinados pelo USCAP buscarão fomentar as capacidades para combater as ameaças no ar, terra e mar.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada por Steve Roman, Divisão de Cooperação para a Segurança, Comando Sul dos EUA / Editado pela equipe da Diálogo e Área Jornalística OIPOL.

Foto Difusión Grande 3
Assistência de saúde internacional, solicite seu orçamento aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: