EUA trabalha incansavelmente em vacinas contra o coronavírus

A Foto A-
Os cientistas estão trabalhando para encontrar uma vacina na luta contra o Covid-19 (© Shutterstock).
  • A empresa de biotecnologia Moderna, com sede em Massachusetts, enviou em fevereiro as primeiras amostras de sua potencial vacina mRNA-1273 ao Niaid e aos Institutos Nacionais de Saúde.

Cientistas dos EUA estão trabalhando intensamente para combater o novo coronavírus, com vacinas já em desenvolvimento e novas opções de tratamento sendo testadas nos Estados Unidos e na Ásia.

A resposta rápida recebeu um impulso este mês, quando o presidente Trump promulgou uma lei de US$ 8,3 bilhões em fundos federais* para combater o Covid-19. O financiamento está ajudando agências federais e seus parceiros do setor privado a produzir, rapidamente, vacinas e novas terapias.

“Esses tratamentos reduzirão significativamente o impacto e o alcance do vírus”, disse Trump em um discurso proferido em 11 de março à nação. “Os testes e os recursos para a realização de testes estão se expandindo rapidamente, dia após dia. Estamos nos movendo com muita rapidez.”

Em depoimento ao Congresso em março, o médico Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (Niaid), disse que os cientistas estão acelerando as vacinas nos estágios iniciais do desenvolvimento do vírus em um ritmo “recorde”. Mas ele alertou que os testes necessários podem significar que uma vacina segura e eficaz para o Covid-19 deve estar disponível entre 12 e 18 meses.

“Precisamos ter certeza de que é segura, e precisamos garantir que funcione”, declarou Fauci.

Com a corrida para uma vacina em andamento, as parcerias nos EUA também estão desenvolvendo novos tratamentos e expandindo os testes para salvar pacientes e conter a doença.

Anthony Fauci
Em março, o médico Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, presta depoimento perante o Congresso sobre a resposta ao Covid-19 (© Patrick Semansky/AP Images)

A seguir, alguns dos esforços vitais já em curso para combater o coronavírus:

Vacinas

Fauci disse que numerosas vacinas em potencial estão em desenvolvimento, com os primeiros candidatos começando os testes nos próximos dois meses. A empresa de biotecnologia Moderna, com sede em Massachusetts, enviou em fevereiro as primeiras amostras de sua potencial vacina mRNA-1273 ao Niaid e aos Institutos Nacionais de Saúde.

A empresa de biotecnologia Novavax, de Gaithersburg, Maryland, está preparando várias vacinas em potencial para ensaios clínicos, com a primeira rodada de testes iniciando nos próximos meses, segundo comunicado da empresa em 10 de março.

Tratamentos

Enquanto testes de segurança e eficácia de vacinas estão em andamento, produtores dos EUA também estão ocupados trabalhando em novos métodos de tratamento para pessoas já infectadas. No final de fevereiro, a Gilead, com sede na Califórnia, começou a testar a nova terapia – Remdesivir – para combater o Covid-19 na Ásia e nos Estados Unidos. A empresa espera resultados de testes realizados na China em abril.

No dia 12 de março, a Fundação Bill & Melinda Gates, de Seattle, concedeu US$ 5 milhões para acelerar o desenvolvimento por parte da Inovio Pharmaceuticals de um dispositivo que serve como via de administração de vacinas projetado especificamente para lidar com a pandemia de Covid-19. O dispositivo aplicaria a INO-4800, potencial vacina que a Inovio, da Pensilvânia, espera começar a testar em abril.

A Inovio planeja começar a fabricar o pequeno dispositivo portátil até o final do ano.
Testes

Empresas dos EUA também estão trabalhando para rastrear mais rapidamente as pessoas a fim de identificar as que estão contaminadas com o Covid-19. O Departamento de Saúde e Serviço Social dos EUA (HHS) está ajudando a financiar o desenvolvimento do primeiro teste de alto rendimento que pode rastrear mil pacientes por dia e fornecer resultados em três horas.

A Autoridade Biomédica de Pesquisa e Desenvolvimento Avançado (Barda, na sigla em inglês) do HHS anunciou em 9 de março uma doação de US$ 699 mil para apoiar o desenvolvimento da Hologic, com sede em Massachusetts, do novo processo de triagem. O teste pode estar pronto em questão de semanas e pode ser elegível para o processo imediato de Autorização de Uso de Emergência da Agência de Controle de Alimentos e Medicamentos dos EUA.

“O diagnóstico rápido e precoce é essencial para os médicos e seus pacientes tratarem as infecções adequadamente e tomarem medidas imediatas para ajudar a mitigar a disseminação do Covid-19”, disse o diretor da Barda, Rick Bright, em comunicado.

É necessário assinalar que a informação foi facilitada por ShareAmerica. Edição, Área Jornalística OIPOL.

A Foto A----
#Oitravels – Brasil Pacote Gramado 2020 + Snowland – Férias de Julho 2020

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: