O Comando Sul dos EUA e seus Forças Navais planejam UNITAS 2020

Planificadores marítimos das Forças Navais do Comando Sul dos EUA e do Equador realizaram uma Conferência Inicial de Planejamento (IPC, em inglês) virtual, de 14 a 17 de julho, em apoio ao próximo exercício UNITAS LXI, que ocorrerá em novembro, no Equador.

O Contra-Almirante Daniel Ginéz, comandante de Operações Navais do Equador, inaugurou a conferência de planejamento junto com seu homólogo Contra-Almirante Don Gabrielson, comandante das Forças Navais do Comando Sul dos EUA.

“Essa equipe tem uma importante missão. Somos um exemplo para nossos países e para o mundo do que significa a cooperação”, disse o C Alte Gabrielson. “Somos a força imbatível e nos uniremos para vencer até mesmo nas condições mais difíceis.”

Mais de 70 planificadores da Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Jamaica e Peru se juntaram aos representantes da Marinha dos EUA, do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, da Guarda Costeira dos EUA e do Exército dos EUA, para realizar uma série de reuniões virtuais para aperfeiçoar o conceito das operações, agendar os eventos e designar funções e responsabilidades do UNITAS LXI. Todas as marinhas participantes assinarão virtualmente um memorando para dar continuidade ao planejamento detalhado e confirmar a intenção de participar do exercício deste ano.

No dia 11 de julho, as marinhas dos Estados Unidos e do Equador prepararam o cenário para uma IPC bem-sucedida e futuros engajamentos com um exercício passageiro (PASSEX, em inglês) com a Marinha do Equador, com o objetivo de fortalecer as parcerias marítimas.

Os marinheiros lotados no USS Halsey (DDG 97) realizaram o PASSEX com os navios de guerra equatorianos BAE Manabi (CM-12) e BAE Loja (CM-16). O PASSEX bilateral, que foi planejado e executado durante a pandemia da COVID-19, fortaleceu a prontidão tática e o comando e controle das práticas operacionais, ao mesmo tempo em que indicou os compromissos estratégicos com nossos parceiros em toda a região.

“Essa conferência e a assinatura do memorando marcaram o início do planejamento deliberado do UNITAS LXI. Sessenta e um anos de amizade, parceria e confiança não podem ser desconsiderados. Na medida em que continuamos nos adaptando a esse mundo em transformação, o UNITAS representa uma grande oportunidade para que as marinhas participantes compartilhem ideias, aprimorem a interoperabilidade e continuem fortalecendo os relacionamentos entre nossas marinhas”, declarou o C Alte Gabrielson.

O UNITAS, palavra latina que significa “unidade”, é o exercício marítimo multinacional mais antigo do mundo. Concebido em 1959, o UNITAS I foi realizado em 1960. O UNITAS LXI se concentrará na interoperabilidade no mar com exercícios de combate, incluindo eventos de fogo ao vivo, que serão realizados até chegar a uma fase de um cenário de vários dias, onde as forças participantes se reunirão para operar como uma força multinacional.

As Forças Navais do Comando Sul dos EUA apoiam as operações militares conjuntas e combinadas do Comando Sul dos EUA, com o emprego das forças marítimas em operações de cooperação em segurança marítima, para manter o acesso, aprimorar a interoperabilidade e criar parcerias duradouras, com o objetivo de fortalecer a segurança regional e promover a paz, a estabilidade e a prosperidade nas regiões do Caribe, da América Central e da América do Sul.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada por Forças Navais do Comando Sul dos EUA. Edição, Área Jornalística Oipol.

Afiliación Oipol Tres idiomas
Aqui pode fazer sua membresia…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: