EUA promove a paz através de acordo entre Bahrein e Israel

ShureAmerica – As perspectivas de paz no Oriente Médio estão ganhando impulso, à medida que os Estados Unidos negociam um acordo para normalizar as relações entre Israel e o Reino do Bahrein. O acordo é o segundo em um mês depois que os Emirados Árabes Unidos concordaram em normalizar laços com Israel em agosto.

O presidente Trump anunciou o acordo em 11 de setembro, após um telefonema do qual participaram o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e o rei Hamad Al Khalifa, do Bahrein.

“Quero agradecer aos líderes de Israel e Bahrein por sua visão e coragem para firmar este acordo histórico”, disse Trump. “A liderança deles está provando que o futuro pode ser repleto de esperança e não precisa ser predeterminado por conflitos do passado.”

Trump disse que há “um enorme entusiasmo” no Oriente Médio pelos acordos e acrescentou que tem esperança de que outros países árabes adotem medidas semelhantes.

Ele descreveu selar um acordo de paz no aniversário dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 como uma resposta poderosa ao ódio que provocou aquela tragédia.

Líderes de Israel, Bahrein e Emirados Árabes Unidos se juntaram ao presidente Trump na Casa Branca em 15 de setembro para comemorar esses acordos.

O presidente Trump (à direita), conversa com o ministro das Relações Exteriores dos Emirados Árabes Unidos, Abdullah bin Zayed Al Nahyan (à esquerda), o ministro das Relações Exteriores do Bahrein, Abdullatif bin Rashid Al-Zayani (segundo a partir da esquerda), e o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu (terceiro da esquerda), em 15 de setembro de 2020, na Casa Branca (Casa Branca/Tia Dufour)

Autoridades americanas afirmam que os acordos recentes vão promover a prosperidade no Oriente Médio. Nos termos do novo acordo, Bahrein e Israel vão intercambiar embaixadas e embaixadores, e iniciar voos diretos entre as duas nações. Os países vão cooperar em uma ampla gama de questões, incluindo saúde, negócios, tecnologia, educação, segurança e agricultura.

O acordo entre Israel e Bahrein ocorre menos de 30 dias depois que Trump mediou um acordo semelhante entre os Emirados Árabes Unidos e Israel. O Bahrein é agora o quarto país árabe a concordar em estabelecer relações diplomáticas com Israel. O Egito deu esse passo em 1978 e a Jordânia fez o mesmo em 1994.

Promover a paz no Oriente Médio tem sido uma grande prioridade para o governo Trump. Em junho de 2019, a Casa Branca divulgou um plano de US$ 50 bilhões denominado “Da paz à prosperidade” a fim de criar empregos para o povo palestino e promover investimentos na região.

Tuíte:
Secretário Pompeo: A liderança de Donald Trump conduziu a uma coalizão de nações árabes visando reconhecer o Estado de Israel, normalizar relações e construir relacionamentos duradouros. Os Acordos de Abraão assinados pelos líderes de Israel, Emirados Árabes Unidos e Bahrein levarão a um futuro melhor para as três nações. @realDonaldTrump@SecPompeo

O secretário de Estado dos EUA, Michael R. Pompeo, disse que os dois acordos trazem novas possibilidades para a paz e a prosperidade no Oriente Médio.

“Como o presidente definiu no início deste governo, ele fortaleceria as amizades dos EUA e construiria novas parcerias em busca da paz”, disse Pompeo em uma declaração de 11 de setembro. “Ele manteve sua promessa.”

É procedente assinalar que a informação foi facilitada por ShureAmerica. Edição, Área Jornalística Oipol.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: