Mais sanções dos EUA à entidades e membros do regime sírio

O Governo dos Estados Unidos impôs sanções a 13 entidades governamentais e seis pessoas na Síria, numa campanha parr reduzir as fontes de financiamento do Executivo de Bashar al-Assad.

O Departamento do Tesouro indicou nesta quarta-feira, 30, que o governador do Banco Central da Síria e a chefe dos Serviços de Inteligência estão entre os visados, cujos bens nos Estados Unidos foram congelados e nenhum americano pode fazer qualquer negócio com os mesmos.

“Aqueles que continuam a apoiar o regime brutal de Bashar al-Assad permitem ainda mais a corrupção e o abuso dos direitos humanos”, disse o secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, em comunicado.

Assad lançou uma repressão a manifestantes em 2011, iniciando uma guerra civil, na qual tem o apoio do Irão e da Rússia, e que obrigou milhões de pessoas a fugirem da Síria.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada por Voa News. Edição, Área Jornalística Oipol.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: