Argentina confisca mais de 8 toneladas de maconha

A Prefeitura Naval Argentina (PNA) confiscou mais de 8 toneladas de maconha nas províncias de Corrientes, Entre Ríos e em diversos pontos da província de Misiones, na fronteira da Argentina com o Paraguai, em diversas operações realizadas no final de julho e início de agosto.

A principal apreensão de drogas ocorreu no início de agosto, durante operações em Corrientes e Entre Ríos. “Como resultado da exaustiva investigação do tráfico transnacional de drogas ilegais e do amplo destacamento operacional no litoral marítimo e fluvial do país, foram confiscados quase 5.500 quilos de maconha”, informou a PNA em um comunicado. Três pessoas foram detidas durante essas operações.

A primeira operação foi realizada na cidade de Ita Ibate, onde membros da PNA encontraram 161 bolsas contendo 3.268 kg de maconha.

Simultaneamente, na cidade de Concordia, após uma investigação iniciada em setembro de 2019, agentes da PNA fizeram incursões nas quais confiscaram mais de 2.200 kg de maconha.

Em outra operação, realizada no dia 5 de agosto, uma patrulha da PNA apreendeu 730 kg de maconha em Puerto Libertad, Misiones. No dia 31 de julho, a PNA desferiu outro golpe contra o narcotráfico durante uma operação de patrulhamento noturno, na localidade de Eldorado, Misiones, onde detectaram duas embarcações abandonadas carregadas de bolsas.

“Como resultado da inspeção, foi confiscado um carregamento de 1.065 pães de maconha, pesando quase 1.000 kg”, informou a PNA em um comunicado.

No dia 29 de julho, a PNA frustrou outra operação do tráfico de drogas em Misiones, confiscando 310 kg de maconha em San Javier.

Ainda em 29 de julho, em duas operações nas localidades de Montecarlo e Puerto Leoni, Misiones, a PNA encontrou quase 1 tonelada de maconha. Por outro lado, em Montecarlo, membros da força encontraram 968 kg de maconha em uma casa. Outros 35 kg da droga foram confiscados nas margens do Rio Paraná, quando a PNA encontrou uma embarcação na costa, com drogas a bordo.

É procedente assinalar que a informação foi facilitada por  Juan Delgado/Diálogo. Edição, Área Jornalística Oipol.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: